Barras de Cereais - Tão Saudáveis Quanto Parecem???

Uma das opções mais consumidas na hora do lanche, como alternativa prática pela baixa caloria e pelo teor de fibras. Será que isso é realmente verdade??

                Muitas dessas barrinhas possuem, ao contrário do que se imagina, baixíssima concentração de fibras alimentares e alto teor de gordura saturada e hidrogenada, geralmente aquelas que vêm com a cobertura de chocolate.

                É importante observar que o baixo teor de calorias se dá à presença de adoçantes no lugar do açúcar. Geralmente, o adoçante utilizado pela indústria é o aspartame, edulcorante prejudicial à saúde, já comprovado em estudos a relação do seu consumo ao aparecimento de células cancerígenas e de distúrbios neurológicos, principalmente. Não esquecendo também, da alta concentração de corantes e aditivos químicos que possuem esses alimentos, e que em excesso também causam malefícios ao organismo.

                A dica é sempre observar os rótulos dos alimentos. Como já falamos aqui, a lista de ingredientes presente em um rótulo é decrescente, por isso muito cuidado na hora de escolher sua barrinha. Prefira colocar no carrinho as barrinhas que forem adoçadas com mel ou açúcar bruto (mascavo ou demerara) e no caso de diabéticos- sucralose ou stévia - e que os seus primeiros ingredientes sejam mix de cereais, por exemplo. Evite aquelas que começam com coberturas ou chocolates.

                Deve-se optar pelas mais naturais possíveis, como as barras a base de quinoa, mel, frutas desidratadas ou liofilizadas. Uma barrinha excelente (não querendo fazer propaganda, haha) é a Bio2 - Orgânica, sem conservantes, sem corantes, sem aromatizantes, adoçada com mel, sem xarope de glicose e sem glúten. Ainda possui baixa caloria e é uma delícia!! Uma maravilha não é?

                Caso não goste dessas, troque a barrinha por uma fruta in natura ou desidratada, que contém valor nutritivo superior à barra de cereal e ainda é excelente fonte de fibras, vitaminas e minerais. Outra opção são as oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, avelãs), que além desses nutrientes também são fontes de gorduras monoinsaturadas (gorduras boas), que possuem ação antiinflamatória e reduzem riscos de doenças cardiovasculares.

 

Gostaram de saber?

Comente sua opnião ou tire sua dúvida deixando um recadinho para nós!!

Beijoss!!!

Leia também

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.
 

De bem com a balança

Todos os direitos reservados ©