Leguminosas Para Reduzir o Colesterol

Gente, essa matéria foi divulgada na revista Saúde. Achei bem pertinente e trouxe aqui para vocês.

A matéria retrata que uma porção (130g) de leguminosas por dia é capaz de reduzir o colesterol. Esse é um esteroide presente nas nossas membranas celulares que desempenha diversas funções no organismo, entre elas atua na produção da vitamina D. Porém em excesso, pode se acumular nos vasos sanguíneos e desencadear várias doenças cardiovasculares.

Vamos entender:

As leguminosas são alimentos cheios de fibras solúveis, essas não são digeridas pelo nosso organismo, mas sim fermentadas no intestino (cólon) pelas bactérias benéficas lá existentes, produzindo ácidos graxos de cadeia curta. Essas moléculas inibem a produção de colesterol no fígado. Além disso, elas se ligam aos ácidos biliares, cheios de partículas gordurosas. Logo, quando as fibras são eliminadas do corpo pelas fezes, levam o colesterol embora com elas.

Para o consumo:

Lembrando que o cozimento só melhora a função da leguminosa, pois absorvem água, tornam-se macias, o sabor se acentua e a digestibilidade aumenta. Efeitos como gases, flatulências e diarreias, podem aparecer no inicio devido a quantidade de amido que esses alimentos carregam e fermentam no intestino. Para aliviar esses incômodos, pode-se deixar de molho o grão durante a noite e no dia seguinte trocar a água para antes de iniciar o cozimento.

Vale salientar que para ter efeitos benéficos no organismo as leguminosas devem ser preparadas apenas com verduras e temperos naturais, além de usar pouco sal. Nada de colocar embutidos ou carnes na preparação. Importante destacar que o consumo deve ser rotineiro, devendo sempre de fazer o rodízio quanto aos tipos: feijões, lentilha, ervilha, grão de bico, fava, soja, amendoim. 

Beijos e boa semana!!

Leia também

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.
 

De bem com a balança

Todos os direitos reservados ©