Mais Água no Feijão

            O ingrediente que já foi o queridinho dos brasileiros concentra uma gama de substancias do bem. As leguminosas fornecem proteínas que, entre outras funções ajudam a formar peptídeos bioativos, que têm ação antioxidante e diminuem o risco de trombose, hipertensão e até mesmo câncer.

             Rico em fibras, tem o poder de melhorar o funcionamento intestinal e de prevenir o câncer.

            O feijão ainda possui polifenóis, moléculas que têm a capacidade de dar um chega pra lá nos radicais livres. Esses, causam danos celulares que contribuem para o surgimento de tumores.

            Esse alimento, ainda possui baixo índice glicêmico, ou seja, o feijão faz liberação da glicose para o sangue ocorrer em ritmo lento. Assim, não é preciso uma alta dose de insulina para que o açúcar entre nas células.

PROPRIEDADES DE CADA FEIJÃO:

  • Carioca – Feijão mais vendido no Brasil. Uma concha média, com 100g reúnem apenas 76 calorias. Só não vale colocar Bacon. 
  • Preto – Preferido dos cariocas, ainda é muito bem aceito pelos brasileiros. Tem essa cor mais escura devido à presença de antocianina, um pigmento de ação antioxidante. 

  • Fradinho – Adorado pelos nordestinos, tem a capacidade de baixar o colesterol ruim (LDL). Só não vale comê-lo no acarajé. 
  • Branco – O diferencial está na presença de faseolamina, que dificulta a absorção, que dificulta a absorção de carboidratos. Mas, não adianta se entupir desse grão. Apenas a farinha reúne boas doses da substância. 

 

Essa foi a reportagem da Capa da Revista Saúde deste mês. Adorei a matéria. E vocês, gostaram?

 

beijos

Leia também

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.
 

De bem com a balança

Todos os direitos reservados ©